segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Mães vão avaliar o atendimento do SUS

Atendimentos e tratamentos no SUS
São Paulo – As gestantes atendidas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e que tiveram seus bebês no mesmo mês serão procuradas por telefone pela Ouvidoria Nacional do órgão para que avaliem o serviço recebido no pré-natal, parto e pós-parto. A medida consta da Portaria 113, publicada nesta segunda-feira (27) pelo Ministério da Saúde noDiário Oficial da União. Projeto piloto foi realizado em novembro passado pelo SUS de Porto Alegre (RS).
O secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães, afirmou que a ação é inédita e faz parte da estratégia da Rede Cegonha, lançada ano passado pelo governo federal. “O preenchimento do campo "telefone", na Autorização de Internação Hospitalar (AIH), ajudará a analisar o serviço com objetivo de melhorar a assistência à saúde”, destaca o secretário.
A partir dos resultados da pesquisa de satisfação, o Ministério também vai fornecer relatórios de avaliação do atendimento e enviar aos gestores locais. “A intenção é identificarmos pontos que precisam ser melhorados”, disse Magalhães.
O telefone da ouvidoria foi simplificado: os antigos dez dígitos foram substituídos pelo 136, de fácil memorização e uso pela população. O serviço é gratuito, de telefone residencial, público ou celular.


Opinião do Blog:

O que será que eles irão fazer caso continue acontecendo alguma coisa de errado no atendimento dessas mulheres e crianças?
O que será que eles vão fazer para que nenhuma mãe saia de lá com suas crianças mortas, que elas saiam de lá sem atendimento ou que fiquem a mercê do mau atendimento destes funcionários que também são maus remunerados?
Claro que não irão melhorar nada, eles só estão querendo dar um cala boca na sociedade, para que os otários pensem que eles estão agindo e melhorando nossa saúde.
.
.

Nenhum comentário: