quarta-feira, 30 de maio de 2012

Prefeito de cidade do MT agride repórter


O prefeito de Barra do Bugres (MT), Wilson Francelino (PDT), segurou uma repórter pelo pescoço enquanto ela tentava entrevistá-lo em um evento esportivo da cidade, que fica a cerca de 150 km de Cuiabá. A ação foi grava pela TV Independência, afiliada da Rede Record, na sexta-feira 18 de maio.

A repórter ainda avisou o prefeito de que se considerava agredida  e, posteriormente, segundo testemunhas,  não conteve as lagrimas. Ela  foi imediatamente levada  a Delegacia Municipal de Barra do Bugres para confeccionar o Boletim de Ocorrência da agressão.  Ao ser alertado, o prefeito apenas sorriu, segundo as imagens, com o áudio original, colocados na rede social YouTube.

Francelino Pereira deverá se manifestar ainda nesta sexta-feira sobre o episódio.

O vídeo da agressão já teve mais de 15 mil acessos no Youtube, e mostra o executivo da cidade, conhecido como Wilson Pescador, falando ao ouvido da repórter Elissa Neves enquanto segura seu pescoço, recusando a entrevista. Em seguida ele nega que tenha agredido a repórter.

Em entrevista a "Folha de S.Paulo", o diretor de TV Cristiano Rodrigues revelou que foi registrado boletim de ocorrência. "O prefeito não tinha o direito nem de tocar nela, quanto mais apertá-la no pescoço daquele jeito", relatou. De acordo com diretor, o prefeito estaria irritado pela cobertura que a TV tem feito da administração municipal.

Em nota, o prefeito negou novamente a agressão à repórter, alegando que o toque no pescoço foi feito acidentalmente "Ao levar as mãos aos ombros da entrevistadora, acabou por alcançar seu pescoço sem a intenção de lhe causar algum mal, o que pode ser conferido nas próprias imagens", diz trecho do documento.

O Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso também se manifestou por meio de nota, classificando a ação do executivo como covarde. "A violência no trato com a colega da profissão deixou a diretoria do sindicato e a categoria indignados".

No final do ano passado, o prefeito de Barra foi afastado do cargo por decisão da Justiça e teve seus bens bloqueados. Ele é acusado pelo Ministério Público de  improbidade administrativa. Investigações detectaram  desvios de recursos na área da saúde, destinado a aquisição de medicamentos para serem entregues gratuitamente a famílias de baixa renda, teriam somado R$ 176 mil.


Veja e-mail enviado pelo Blog do Daminelli ao site da prefeitura de Barra do Bugres para este pulha.

"Prefeito você é um covarde, um canalha.
Agrediu uma repórter que estava trabalhando.
Você deve estar todo comprometido e por isso quer evitar a imprensa.
Você é tão covarde que lhe falta culhões para fazer o mesmo que fez com a repórter, com um homem.
Se este então for do seu quilate, "um bandido", aí mesmo que você não faria isso".

Entre no site da Prefeitura de Barra do Bugres e deixe também sua indignação como o Blog do Daminelli fez.

Visite o Blog do Daminelli também.

Nenhum comentário: