segunda-feira, 28 de novembro de 2011

sábado, 26 de novembro de 2011

Novo código florestal muito BLÁ BLÁ BLÁ


Novo código florestal, muito BLÁ BLÁ BLÁ e pouca ação.

Com toda esta discussão que não está resolvendo nada, a nossa mata está a cada dia mais sendo desmatada, e nenhuma providência fora tomada.


sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Novo código florestal é aprovado


Após dois dias de discussões e protestos tímidos, a Comissão de Meio Ambiente do Senado concluiu nesta quinta-feira (24/11) a votação do substitutivo do novo Código Florestal Brasileiro. A sessão da parte da manhã foi destinada apenas à votação dos destaques apresentados pelos membros da comissão, uma vez que o texto-base do relator Jorge Viana (PT-AC) foi aprovado nesta quarta-feira (23/11).

Foram apresentados 77 destaques, dos quais apenas cinco foram aprovados. O mais importante deles determina que não possa ser consideradas como áreas consolidadas aquelas de preservação permanente que estiverem dentro de unidades de Conservação de Proteção Integral. O destaque foi colocado porque o relator incluiu no texto que os desmatamentos feitos até julho de 2008 são considerados consolidados, e as multas aplicadas para os que fossem feitos após essa data poderiam ser convertidas para a recomposição da reserva legal.

Uso da terra

Outra mudança questionada determina que, em imóveis localizados em área de floresta na Amazônia Legal, a reserva legal "ficará reduzida" para até 50% quando o estado tiver mais de 65% do seu território ocupado por unidades de conservação da natureza de domínio público e terras indígenas homologadas, e não "poderá ser reduzida...", como no substitutivo original. Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) criticou a emenda, apresentada por Romero Jucá (PMDB-RR), dizendo que a medida representará novos desmatamentos, posição contestada pelo relator Jorge Viana. Com informações da Agência Brasil e da Agência Senado. Click aqui e veja na íntegra.

Sabe o que estão fazendo os fazendeiros?

O desmatamento aumentou depois da discussão do novo código florestal e a Comissão do Senado ainda está tentando mascarar e organizar a não punição dos culpados, os pequenos agricultores não terão que reflorestar e os grandes fazendeiros estarão livres de replantar uma boa parte de suas terras que os mesmos destruiram, dentre tantas outras benesses para eles mesmos.

O bom mesmo não é pagar a dívida, pois será mais dinheiro que os políticos irão roubar, não servindo de benefício a nossa Amazônia, só servirá para ser desviado, o que eles têm que impor é o REFLORESTAMENTO, isto ai sim vai ajudar e muito ao planeta que está morrendo pela ação desenfreada do homem.
.
.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Kátia Abreu - Miss Desmatamento


Em 2009 durante um protesto pacífico, três ativistas do Greenpeace foram presos por se manifestarem contra a senadora Kátia Abreu (DEM-TO), relatora da polêmica Medida Provisória 458, que tratava da regularização fundiária na região da Amazônia. Uma das manifestantes carregava um machado e usava uma máscara com foto da senadora, enquanto era ladeada por dois “fortões” que carregavam motosserras falsas nos braços, e pretendia entregar a Kátia uma faixa de “Miss Desmatamento”.
.
Segundo matéria do jornal Valor Econômico da época, a senadora favoreceria não só a bancada ruralista, da qual faz parte, mas também os grileiros e posseiros da região, aumentando de 1,5 mil para 2,5 mil hectares de terra o limite das propriedades a serem regularizadas. Kátia Abreu, presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), desistiu de uma viagem à Dinamarca, na qual discutiria mudanças climáticas, para fazer as mudanças no texto da MP458. A votação foi adiada.
.
.

Senadora Kátia Abreu



A discussão agora é sobre perdoar ou não aos fazendeiros que desmataram nossas florestas apartir de 2008.

A Kátia Regina de Abreu (Goiânia, nascida à 2 de fevereiro de 1962) é uma empresária pecuarista e política brasileira. Atualmente cumpre mandato de senadora pelo estado do Tocantins, é a favor perdoar a dívida dos fazendeiros, mas tadinha, por que será que ela é a favor?

Veja abaixo um breve resumo do artigo extraido do Wikipédia, click aqui e veja a íntegra;

Kátia Regina de Abreu tornou-se pecuarista ao assumir, com a morte do marido em 1987, fazenda no antigo norte goiano, atualmente Tocantins. Mudou-se para a fazenda mesmo sem muito conhecimento de como conduzi-la. Ao chegar à fazenda, encontrou dentro do cofre da propriedade um roteiro completo sobre o que fazer na suposta "ausência" do marido.
Líder dos agropecuaristas

Destacou-se entre os produtores da região e logo tornou-se presidente do Sindicato Rural de Gurupi.

Em seguida, foi eleita presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Tocantins, cargo que exerceu por quatro mandatos consecutivos entre 1995 e 2005.

Em novembro de 2008 é eleita presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), para o triênio 2008 a 2011. A entidade representa 27 federações estaduais, 2142 sindicatos rural por todo o Brasil e mais de um milhão de produtores sindicalizados.

Carreira política

Dentre outros, foi escolhida para presidir a Bancada ruralista no Congresso Nacional, sendo a primeira mulher no país a comandá-la, que na época contava com 180 integrantes.

Em entrevista a revista veja a senadora, fazendo críticas às políticas para o agronegócio dos ministérios do trabalho, desenvolvimento agrário e meio ambiente do governo Lula.

Críticas

Sua atuação em defesa dos agropecuaristas, foi rotulada pelos ativistas ambientalistas como "Miss Desmatamento".

É criticada por supostamente manter dois terrenos improdutivos que concentram 2500 hectares de terra.

Recentemente, como presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária do Brasil, Kátia Abreu contratou a organização Contas Abertas para descobrir quanto custou e quem produziu a Campanha de TV e rádio "Carne Legal" (a campanha se constitui de três peças intituladas "Churrasco de desmatamento", "Picadinho de trabalho escravo" e "Filé de lavagem de dinheiro"), encomendada pelo Ministério Público Federal.

Será que deu para entender porque ela é a favor de perdoar a dívida?

Ela é fazendeira, o marido já desmatou muito e ela deu continuidade, contudo ela não quer pagar a dívida, pois o dinheirinho sairia de sua poupança gordinha.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

SOS Amazônia

video

A Gisele Bündchen, o Wagner Moura, o Marcos Palmeira, Ricardo Abramovay, nós do blog e outros estão nesta causa, junte-se a nós também.

Você estará fazendo um bem a você, as futuras gerações e a todos os animais indefesos que necessitam de nossa ajuda.

JUNTE-SE E AGARRE ESTÁ CAUSA QUE É NOSSA!


Click aqui e participe do Abaixo Assinado.

Amazônia ameaçada








Selecionamos umas imagens para ver-mos a barbaridade que o homem está fazendo e não está se dando conta do mal que está se fazendo e que irá prefudicar futuras gerações.

Diga não ao DESMATAMENTO de nossa riqueza.

Novo código florestal


O que nós temos de mais precioso é a nossa rica e indefesa natureza.

É nela que encontramos a nossa matéria prima da medicina, ela nos permite respirar o mais puro ar, ela é nossa e temos por obrigação conserva-la.

Uma área de 10 km2 para ser recuperada pode durar séculos.

O que a natureza demorou séculos para caprichosamente construir o homem covardemente destrói em apenas horas, sabendo sim o mal que o mesmo está fazendo ao planeta e a si próprio, mas, a ganância o faz cego para este crime.

Temos que cuidar dela hoje e isto é para “ontem”.

A Amazônia recebeu o título de "pulmão do mundo".

Somadas, as espécies de algas marinhas e de algas de água doce produzem 55% do oxigênio do planeta.

É claro que as florestas dão uma grande ajuda, mas boa parte do oxigênio é consumida por lá mesmo, na respiração e na decomposição de animais e plantas.

As algas fabricam muito mais oxigênio do que precisam, mas, as florestas têm uma participação igualmente importante na oxigenação do planeta e por isso temos que por obrigação, igualmente preservá-las.


É preciso ter consciência disso, devemos gritar alto e se preciso for, devemos nos organizar e até brigar por esta causa nobre, para mostrarmos a sociedade em geral, o grande mal que a maioria destes fazendeiros estão fazendo as nossas florestas, ao nosso planeta.

Estes maus fazendeiros estão desmatando criminosamente nossas florestas seculares para seus enriquecimentos pessoais, o fazem para a extração e venda ilegal da madeira, para criação de gado e também para a agricultura.

Os governos estão tentando mascarar a ilegalidade com estas novas leis, fingindo punir os fazendeiros quais desmataram a partir de 2008, e os que derrubaram antes de 2008 o que acontecerá com eles?

Nada, observe a este novo código florestal, ele não punirá os responsáveis pelo desmate desordenado.

Temos que preserva nossa floresta antes que seja tarde demais, temos que dar um basta neste desmatamento desenfreado.

Passe a diante esta ideia que não é só minha e sim nossa, pois a natureza é nossa e ela agradece.

Click aqui e vote você também neste abaixo assinado.

Diga O ao desmatamento.

Amazônia - "pulmão do mundo"


 

Faça parte desta campanha você também.

Nossa natureza agradece.

Participe, click aqui e ajude a natureza, ela pricisa de você também.

Nós do blog participamos e você?

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Ministros que cairam no governo Dilma

  

Isto é apenas uma ilustração do chargista mostrando na brincadeira o que acontece de verdade.

Não estamos nos importando para onde vai nosso suado dinheirinho e apenas nos preocupamos com futilidades como salões de beleza, programas idiotas na televisão os quais não nos levará a lugar algum nos deixando cada vez mais incultos, estamos ocupados nos bares e vendo o Curintias e o Framengo que são mais importantes.

Há! Desculpa esqueci, estamos muito ocupados com o nada!

E a nossa saúde, como é que vai ficar?

Será que iremos deixar esta praga destes ratos mancharem a nossa honra, roerem nossa bandeira e a nós mesmos?

Será que somos tão tapados que não somos capazes de enxergar o mal que nos aflige?

Ô brasileiros e brasileiras vamos acordar enquanto ainda é cedo, veja só, já caíram 7 ministros em apenas 10 meses deste desgoverno da Dilmandada e do Lulapedeuta, veja que está acontecendo isto porque a nossa única voz, a grandiosa Veja está denunciando tudo o que está ocorrendo de errado e mesmo assim tapamos os olhos para não vermos a verdade? Somos tão inocentes a tal ponto?

Acorda BRASIL!!!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

O caos da saúde pública brasileira





A saúde pública brasileira está uma vergonha, mas, o problema disso tudo é que por causa do Lulapedeuta dar a miséria do bolsa família, as pessoas não abrem seus olhos para ver a situação que nos persegue e que nos mata todos os dias.

Nosso dinheiro sendo desviado e com isso sorrimos e ainda vangloriamos o Lulaquetrefe. Para ver-mos a saúde já virou piada.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Lula recomenda SUS ao Barack Obama!

video

Se o SUS - Sistema Único de Saúde é tão bom porque será que o Lulapedeuta não se trata lá?

Será que é medo de ser contaminado por alguma doença do pobre?
Será que é porque ele sabe e finge não saber do tamanho que é o caos da saúde pública?
Ou seria porque os melhores profissionais não estão na rede pública e sim na particular?

Ô seu Lulaquetrefe! Se você disse que vai recomendar o Barack Obama a implantação de um SUS nos Estado Unidos, então tenta ter vergonha nessa cara de BEBADO o qual será difícil ter e devolve todo o DINHEIRO PÚBLICO QUE ROUBASTE e melhora a saúde pública aqui antes de recomenda-lo, devolve o dinheiro o qual é nosso e não seu, dinheiro esse que é resultado do nosso trabalhado, bastante suado para ir parar em seu poder.

Não vou pedir a Deus que morras, pois Deus é tão bom e puro que mesmo assim não vai querer ver o seu mal, mas como não sou ele, desejo-lhe que antes que morras, sofras bastante para que sintas na pele o que tantas outras pessoas sentiram, sentem e irão sentir por sua culpa.

Não pedirei que morras, mas também não pedirei sua cura.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

MEC - anulação de questões não afeta pontuação


MEC diz que anulação de 13 questões não afeta pontuação do Enem. Um dia após a Justiça Federal do Ceará conceder liminar que anula 13 questões do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira (1.°) que o cancelamento dos 13 itens “não afeta a pontuação” do exame, que é composto por 180 questões e uma redação. O MEC reiterou a disposição de recorrer ao Tribunal Regional Federal da 5.ª Região, em Recife, contra a decisão da 1.ª Vara da Justiça Federal de Fortaleza.

O juiz substituto Luís Praxedes atendeu ao pedido do Ministério Público Federal e anulou, na segunda-feira (31) à noite, 13 questões que vazaram, dias antes do exame, para alunos do Colégio Christus, uma escola particular de Fortaleza. A decisão vale em todo o país.

Em nota, o MEC diz que a Teoria de Resposta ao Item (TRI), utilizada no exame, garante que a nota dos participantes não será afetada, caso prevaleça a liminar que cancelou as 13 questões. Com 13 itens a menos, restariam 167 perguntas válidas, número que, segundo o MEC, é suficiente para calcular as notas dos 4 milhões de participantes do Enem nos dias 22 e 23 de outubro.

De qualquer forma, o ministério argumenta que a melhor solução seria reaplicar o Enem apenas aos estudantes do Colégio Christus. O MEC até admite a possibilidade de exigir que o exame seja refeito não só pelos 639 alunos de ensino médio da escola de Fortaleza, mas também por todos os alunos da instituição, que oferece curso pré-vestibular. Mas é contra a anulação nacional das questões.

Justificativa

A justificativa do MEC para defender que apenas os alunos do Christus refaçam a prova é que somente eles teriam se beneficiado indevidamente do acesso antecipado a questões do exame, dispondo inclusive de mais tempo para dedicar à resolução dos demais itens.

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Questões anuladas do Enem 2011

Correspondência das questões anuladas entre os cadernos

A Justiça Federal do Ceará anulou na noite desta segunda-feira 13 questões do Ensino Nacional do Ensino Médio (Enem 2011), aplicado nos dias 22 e 23 de outubro. A decisão ocorre em função do pedido feito pelo Ministério Público Federal no Ceará (MPF-CE), depois que alunos do Colégio Christus, de Fortaleza, tiveram acesso antecipado a cerca de 14 questões que foram cobradas no exame. Com isso, as questões 32, 33, 34, 46, 50, 57, 74 e 87, da prova amarela do 1º dia de exame, e as 113, 141, 154, 173 e 180, do caderno amarelo do 2º dia, estão anuladas. A medida vale para o todo o Brasil. Click nos links abaixo e veja mais.


"Não é o erro, mas o vazamento das questões que leva à nulidade das mesmas, por quebrar o princípio da isonomia. Assim, entendo razoável e proporcional, nesta oportunidade e neste momento processual, declarar a nulidade apenas das questões do exame Enem 2011 que foram objeto de vazamento e prévio conhecimento", justifica o juiz em trecho da decisão. O Ministério da Educação (MEC) considerou a decisão desproporcional e exagerada e disse que vai recorrer nos próximos dias.

Representantes do Ministério da Educação (MEC) reuniram-se, no início da tarde desta segunda-feira, com o juiz Luiz Praxedes, da 1ª Vara Federal do Ceará. A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Malvina Tuttmann, foi uma das participantes do encontro, em que foram apresentadas as alegações para que o exame não fosse anulado.

A solução defendida pelo MEC é de que os 639 alunos da escola cearense tivessem as provas anuladas e fizessem um novo teste no fim de novembro, mas o procurador da República, Oscar Costa Filho, pediu à Justiça que o Enem fosse anulado.

O pré-teste é feito pelo Inep para avaliar se as questões em análise são válidas e qual é o grau de dificuldade de cada uma. Os cadernos de questões do pré-teste deveriam ter sido devolvidos após a aplicação e incinerados pelo Inep. A Polícia Federal investiga se houve fraude na aplicação do pré-teste. O MEC confirma que 14 questões que estavam na apostila foram copiadas de dois dos 32 cadernos de pré-teste do Enem aplicado no ano passado a 91 alunos da escola.

- Questão com exemplos e números iguais aos do Enem foi aplicada em MG dias antes da prova
-
Procuradoria pedirá suspensão do Enem 2011 por suposto vazamento
-
MEC admite que alunos tiveram acesso a 9 questões antes do Enem
-
Colégio Christus diz ter questões em um banco de dados


HISTÓRICO
As provas do Enem registraram problemas nos dois últimos anos. Em 2010, a prova amarela teve questões embaralhadas, o que fez com que alguns estudantes marcassem as respostas no campo errado e fora os cabeçalhos trocados.

Já na edição do Enem de 2009, exemplares da prova foram roubados. A fraude adiou a realização do exame, que acabou marcado por abstenção recorde e erro no gabarito oficial. Quatro dos cinco envolvidos no vazamento foram condenados pela Justiça Federal.

Neste ano, cerca de 1.100 candidatos foram informados por telefone que o local da prova indicado no cartão de confirmação de inscrição estava errado.

Segundo o Inep, o problema atingiu apenas candidatos do Rio e consistiu na digitação errada do número do prédio. Os cartões indicaram o prédio da reitoria da Unirio, cerca de 200 metros de distância do prédio onde ocorreu a prova.

                                                                                                                                                                    retirado do site: vestibulando web